MANDATO HOMENAGEIA 3 LUTADORES NO ANIVERSÁRIO DE FLORIANÓPOLIS

Notícias 18/03/2015

No próximo dia 23, Florianópolis completa 289 anos de fundação. Para comemorar a data, a Câmara realiza uma série de ações. A principal delas é a Sessão Solene em comemoração ao aniversário da cidade no próprio dia 23 de março, na Assembleia Legislativa, com a entrega das Medalhas de Mérito do Município e Francisco Dias Velho e Título de Cidadão Honorário. Neste ano cerca de 50 entidades e personalidades que se destacaram pela relevante atuação em Florianópolis ou em prol do município vão ser contempladas com as honrarias.

São as pessoas, com seu trabalho e suas vidas, que constroem uma cidade. Muitas delas merecem o reconhecimento público por sua coragem em lutar por uma Florianópolis mais humana. Por indicação do mandato do vereador Lino Peres três personagens ilustres da capital receberão condecorações de Mérito concedidas pela Câmara Municipal. 

O evento ocorrerá às 19h no Plenário Osni Régis da Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Homenageados:

Elaine Jussara Tomazzoni Tavares receberá o título de Cidadã Honorária do Município de Florianópolis

Como jornalista e profissional da imprensa, Elaine escreveu centenas de textos – notícias, reportagens, crônicas – sobre a cidade, seus personagens, suas particularidades. Seu olhar agudo para os problemas ambientais, urbanos, de moradia, de mobilidade e os mais diversos temas da capital reflete seu amor por Florianópolis, e também sua defesa pela ética na profissão e por sua vocação de apurar os fatos com responsabilidade.

Desde os anos 90, Elaine mirou seu olhar para a comunicação popular e comunitária, assessorando movimentos sociais e sindicatos e realizando a formação de agentes da comunicação popular. Em 1994 passou no concurso para jornalista da UFSC e passou a fazer parte da Agência de Comunicação da instituição. Como professora do Curso de Jornalismo da Univali em Itajaí, de 96 a 03, criou e coordenou vários projetos de pesquisa e comunicação popular, atuando em parceria com as comunidades da periferia da cidade, como o jornal comunitário O Sardinha. Foi editora da revista de reportagem Pobre&Nojentas. Em 2004, em parceria com outros professores, criou o Observatório Latino-Americano - IELA na UFSC, que cresceu e se transformou no Instituto de Estudos Latino-Americanos, o primeiro do gênero em uma universidade federal. Como militante do serviço público, já fez parte da diretoria dos sindicatos dos servidores da UFSC e dos jornalistas. É programadora e apresentadora da Rádio Comunitária Campeche, membro da Rede Popular Catarinense de Comunicação e alimenta seu blog Palavras Insurgentes diariamente.

 

Mauro Guimarães Passos receberá a Medalha de Mérito do Município de Florianópolis

Por sua intensa contribuição na busca pela qualidade de vida para a cidade de Florianópolis e sua postura de vida em prol da coletividade. Como engenheiro da Eletrosul, Mauro foi presidente do Sindicato dos Eletricitários da Grande Florianópolis por três mandatos. Pelo Partido dos Trabalhadores, foi eleito vereador por dois mandatos seguidos (97-2004), e em seguida elegeu-se Deputado Federal. Na Câmara Federal, atuou nas Comissões de Minas e Energia, do Meio Ambiente e de Ciência e Tecnologia. No Congresso, participou na Comissão Mista do Mercosul e no Conselho de Altos Estudos e criou e presidiu a Frente Parlamentar em Defesa da Energia de Fontes Renováveis. Atualmente é membro latino-americano do Conselho Mundial de Energias Renováveis – WCRE, com sede na Alemanha, e preside o Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina – IDEAL, com sede em Florianópolis.

 

Mauro Manoel da Costa receberá a Medalha e o Diploma de Mérito do Município de Florianópolis

Por seu trabalho em defesa das áreas de conservação da cidade. Formado em filosofia, é fiscal de Meio Ambiente da Floram desde os 20 anos de idade e sempre encampou a luta contra a ocupação desordenada da cidade. Em 2014, seguindo sua paixão, publicou de forma independente o livro “Sonhando com a Floresta”, que resume sua inquietação acerca da história natural e da ocupação do município, tendo como protagonista a floresta que cobre nossa cidade. Atualmente como Chefe de Divisão e Implantação e Manejo de Unidades de Conservação, busca, junto com outros funcionários e organizações civis, a regularização e implantação das unidades de conservação municipais – fundamentais para a qualidade de vida da população.

Com informações da CMF