DESCALABRO: PRESIDÊNCIA DA CÂMARA QUER CONTRATAR PROCURADOR COMISSIONADO

Notícias 12/12/2017

Após a notícia de que a Câmara de vereadores de Florianópolis é a segunda mais cara do país e a tentativa infeliz de aprovar a compra de três carros de luxo, a Mesa Diretora quer contratar, em cargo comissionado, mais um Procurador Geral a para Casa do Povo, ao custo inicial de R$ 8.878,89 por mês – passando para R$ 12.474,20 em dezembro de 2019. O projeto de Resolução 2018/2017 está na pauta e deve ser votado nesta semana, É, no mínimo, polêmico.

Além do alto custo, o fato de ser um cargo comissionado já coloca a ação em xeque: apontado diretamente pelo presidente, qual a credibilidade das decisões no novo Procurador? Há realmente a necessidade de contratar alguém para a Procuradoria, considerando que já existem hoje três Procuradores na Câmara? E se houver, por que não lançar um concurso público para uma função técnica? Aliás, há muitos anos não há concurso público para cargos na Câmara, que têm sido preenchidos por mais comissionados, terceirizados e estagiários.

Nosso mandato já postou sobre este descalabro em julho, leia aqui: https://goo.gl/qahQhT .Veremos como os vereadores vão se posicionar sobre o assunto.