MANDATO JUNTO À FEPE EM DEFESA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA!

Notícias 08/02/2019

Os retrocessos da educação e da escola pública brasileira sob o comando do Ministério da Educação, como política do atual governo federal, são alvos de enfrentamento pelo Fórum Estadual de Educação Popular (FEPE), em Santa Catarina. Nosso mandato participou da primeira reunião do ano do FEPE, no dia 6 de fevereiro, na sede do Sinte/SC, em Florianópolis, na qual foram debatidos a ampliação das entidades e movimentos participantes do Fórum, e a organização de um seminário, agendado para o dia 20 de março de 2019.

Alinhado com o Fórum Nacional de Educação Popular, o FEPE apoia-se na Carta de Belo Horizonte e tem como mote a defesa dos profissionais da educação e da escola pública, por compreender que a ela está atrelada a defesa do Estado democrático. Nesse sentido, o enfrentamento contra projetos nefastos como o da Escola sem Partido, a reforma do ensino médio e ampliação da desvalorização do magistério, entre outros, são algumas das bandeiras do Fórum.

“Estamos vivenciando uma conjuntura em que as visões fundamentalistas e conservadoras interferem no exercício público da educação”, avalia Jeruse Romão, assessora do nosso mandato que participou da reunião, sobre a questão da laicidade do estado. O tema foi debatido no Fórum, momento em que destacou-se o artigo “Educação Laica na Constituinte” , do professor Luiz Antônio da Cunha, que historiciza o debate. O educador aponta que foram durante os regimes autoritários que as instituições religiosas mais se beneficiaram de políticas educacionais.

A próxima reunião do FEPE será no dia 14 de fevereiro, e nosso mandato estará lá para somar forças na resistência em defesa da escola pública. É lá onde estão as e os estudantes da classe trabalhadora e dos grupos sociais de resistência, onde atuam as trabalhadoras e trabalhadores da educação, onde se compreende que as pessoas constroem-se na pluralidade.