29 DE JANEIRO: DIA DA VISIBILIDADE TRANS

Notícias 30/01/2018

No dia 29 de janeiro em que, em todo o Brasil, militantes da causa LGBT se mobilizaram para debater o Dia da Visibilidade TRANS, o vereador Profº Lino Peres compareceu ao Ato realizado no Largo da Alfândega. “A população travestis e transexual é a que mais sofre violências e discriminação; mostrar que a essas pessoas se devem garantir todos os direitos é uma forma de romper o preconceito”, declara Lino sobre a importância do evento que marcou a data em Florianópolis ter sido realizado em um dos locais de maior movimentação da cidade. Como presidente da “Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e da Promoção da Igualdade de Gênero”, ele prioriza ações que pressionem a prefeitura a implementar o Plano Municipal de Políticas Públicas LGBT e que consolidem o Conselho e a Coordenadoria especificos. Também luta para que se fomente a promoção de campanhas em prol da qualidade de vida de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.

A data do dia 29 de janeiro foi criada em 2004, quando pela primeira vez se registraram oficialmente a violência e mortes contra pessoas TRANS, para diminuir o preconceito e, consequentemente a violência contra elas. No Brasil, ano passado, foram contabilizados 179 casos de assassinato espalhados por todos os estados do país. Um deles ocorreu em Florianópolis, contra a transexual Júlia Volp. Saiba mais aqui.